FANDOM


Chegada em Guilenor(humanos)
Teragard é o mundo onde os seres humanos, e Saradomin, se originaram.

Toda a Teragard é governada por sete magistrados de sete famílias governantes de Teragard.

São eles que governam sobre leis, tradição e religião no mundo. Originalmente, havia doze famílias de Magistrados, mas devido a familicídios, causada pelo fato de apenas o chefe da família ser um magistrado, para ganhar poder, algumas famílias morreram. As famílias foram postas em prática pelo próprio Saradomin depois de ascender à divindade, no entanto, ele não voltou há vários séculos, então o Saradomin que é adorado pelos teragardianos é apenas uma imagem de medo que os Magistrados usam para dominar e subjugar seu povo.

O Tribunal Inquisitorial são os cavaleiros e soldados comandados pelos magistrados para fazer cumprir suas leis, ajudar a cultivar esta falsa imagem de Saradomin e reforçar suas regras, fazendo com que pareçam, para o povo de Teragard, como acima de todos os outros, salvo o próprio Saradomin.

Uma das características mais notáveis ​​de Teragard é uma anomalia conhecida como o Cisma; um buraco literal na realidade, levando ao abismo. Estalando com raios vermelhos e energia dimensional, os Magistrados usam seu poder como fonte de energia; canalizando os raios para obeliscos e aproveitando o poder. Este poder é o seu tipo de magia, considerado Magiciência, uma combinação de magia e ciência.

Anteriormente, teragardianos também usaram o Cisma como um meio para colonizar outros mundos. O planeta perdeu o contato com suas colônias, no entanto, desde bem antes da Primeira Era; embora ainda o utilizem. A curiosidade de Robert o Forte enviou-o e o levou a Guilenor durante a Quarta Era, juntamente com o Magistrado Oreb antes da Quinta Era e um dos membros da família de Magistrado Lesarkus. Durante O Último dos Cavaleiros, Teragard é descrito como sendo "um lugar frio, em temperatura e temperamento". O Ministro (bicho de estimação seguidor largado pelo Magistrado) também menciona isso em um de seus diálogos.

Teragard ainda está forte e habitado por nativos. Os nativos humanos são pessoas orgulhosas e isolacionistas, então não deixariam Teragard sem uma boa razão. Saradomin, que era um humano normal antes de ascender à divindade, que também se originou desse reino, fez os seres humanos prosperarem e foi responsável por apresentá-los a novos reinos. Parece que a maioria dos humanos em Guilenor se esqueceu de seu domínio original e acredita ser originário de Guilenor, que eles chamaram de RuneScape devido às muitas runas que receberam de Guthix.

A maioria das facções dos humanos em Guilenor considera o reino sua casa original e passa para a vida após a morte, o Submundo, quando eles morrem. Algumas facções, no entanto, não. O mais notável são os Fremennik, que, devido às suas crenças, passam para o Submundo Fremennik sobre a morte. O jogador visita brevemente este plano após a morte durante Missões Ressurgindo das Profundezas.

Curiosidades

  • A palavra Teragard parece ser derivada da palavra latina "terra", que significa "terra", e a palavra "gard", uma palavra germânica que também significa "terra". O significado de Teragard é, portanto, "Terra Terra".


O conteúdo da comunidade está disponível sob CC-BY-SA salvo indicação em contrário.