FANDOM


UzerMembros
Uzer
AKA[?] Ruínas de Uzer
Inglês Uzer
Lançamento 11 de abril de 2005
Reino Deserto Kharidiano
Religião Panteão Menaphita
Música O Golem
Teleporte Tapete mágico (Após O Golem ícone O Golem)
Outros
Banco ícone mapa 0 Altar ícone mapa 0 Obelisco ícone mapa 0
Uzer mapa
As ruínas de Uzer são tudo o que resta de uma avançada civilização do deserto situada a leste do Rio Elid e a sudeste de Al-Kharid.

Localização

A área de Uzer está na região nordeste do Deserto Kharidiano, ela sofre com o calor do deserto, portanto, aos jogadores, é aconselhado levar Odres d'água. Pode ser acessada com facilidade utilizando o Tapete mágico na Passagem de Shantay ou pelo Anéis das Fadas - D•L•Q e então caminhar para nordeste.

História de Uzer

Uzer já foi uma cidade muito poderosa e atualmente a única cidade conhecida na história que tinha o conhecimento para criar Golens de Argila. Em sua época de ouro, provavelmente teria sido significativamente maior do que é agora. Uzer foi habitada por muitos artesãos mágicos e é o local onde a primeira pirâmide de Guilenor, a Mastaba de Uzer, foi construída. Uzer foi governado pelos Panteão Menaphita naquela época. Eles eram um grupo de deuses do deserto que controlavam o enorme reino menaphita.

Quando Zamorak voltou do banimento e declarou guerra aos Deuses, as Guerra dos Deuses irromperam e o deserto de Kharid tornou-se um local de muitas batalhas. Muitos outros deuses enviaram seus exércitos para o deserto Kharidiano na tentativa de conquistá-lo por conta própria.

De acordo com algumas esculturas no templo abaixo das ruínas de Uzer, os cidadãos de Uzer adoravam Saradomin, Zamorak e Armadyl. Então pode ser que a religião de Uzer tenha mudado muitas vezes durante as Guerras dos deuses.

A batalha por Uzer

Em algum momento perto do fim das Guerras de Deus, cerca de 2.500 anos atrás, Zamorak permitiu que seu demônio-tenente Thammaron atacasse Uzer. Mas Uzer foi facilmente capaz de se defender com o uso de seus Golems de argila, destruindo quase completamente o exército de Thammaron.

No entanto, Thammaron havia planejado atacar Uzer de dentro para fora. De sua própria sala do trono, ele abriu um portal para o complexo do templo central de Uzer. O ataque surpresa foi bem sucedido, e as forças de Uzer foram rapidamente derrotadas e a cidade foi completamente destruída. No entanto, Uzer ainda era capaz de usar um grupo de Golens de argila de Elite abençoados pelo Panteão do deserto para levar Thammaron de volta ao seu reino. Thammaron foi gravemente ferido e morreu rapidamente dentro de seu reino (seu esqueleto pode ser visto até hoje).

Hoje, apenas edifícios arruinados permanecem, sem sinais de habitação humana anterior discernível. No entanto, um único Golem de argila, embora danificado, sobreviveu, preservado na areia. Na Quinta Era, foi desenterrada por arqueólogos e começou a vagar pela cidade. O portal para o reino de Thammaron também sobreviveu sob a cidade. O cadáver e trono de Thammaron ainda podem ser encontrados dentro de seu reino, que é visitado em várias missões. A Mastaba de Uzer sobreviveu às muitas batalhas e tornou-se o local do enterro do Faraó, a Rainha Faraónica Senliten. A missão Missões Em busca da múmia perdida acontece nesta pirâmide.

Sobre a cidade

Ruínas

As ruínas de vários edifícios e grandes fornos estão nas proximidades do templo (os grandes fornos eram usados ​​para fabricar golens). Vários edifícios contêm caixas. Muitos são extremamente pequenos. A cidade em si não parece ter sido extremamente grande - talvez do tamanho de Lumbridge ou Draynor, embora possa ser que Uzer já tenha sido muito maior, mas ainda resta muito pouco a ser visto. As ruínas e o golem são tudo o que resta acima das areias do deserto. Embora haja um número de partes de golem espalhadas pela área, não há restos humanos com a exceção de fantasmas no porão do templo. Muito proeminente na área é um grande edifício ornamentado que forma a parte superior do complexo do templo. Está inscrito com os símbolos de muitos deuses e tem escadas no centro que levam ao porão do templo.

Porão do Templo

Debaixo da cidade fica o porão do templo. A nordeste da entrada, desovam cogumelos pretos, enquanto no noroeste se encontra um implemento estranho. Estátuas de artesãos adornam os salões enquanto pedaços de golem se espalham pelo chão. Alguns fantasmas espreitam nos corredores. No outro extremo está um portal para o reino de Thammaron. Este porão, sendo subterrâneo, está a salvo do efeito do calor do deserto.

Sala do Trono

A Sala do Trono de Thammaron é vermelha e cinza, enquanto uma calçada de chifres quebrando o chão leva ao seu trono. À direita da entrada, estão os restos mortais de Thammaron. Os membros podem usar um cinzel no trono para receber 2 safiras cortadas, 2 esmeraldas cortadas e 2 rubis cortados.

O conteúdo da comunidade está disponível sob CC-BY-SA salvo indicação em contrário.